GL

"Para quem tem pensamento forte, o impossível é só questão de opinião" Chorão - CBJ

Nosso e-mail: umgoldenemnossavida@hotmail.com

8 de jun de 2015

5 ANOS

É Luna, o tempo passa rápido. Tantas coisas mudaram desde a tua chegada até esses cinco anos.  Dúvidas, incertezas, brigas, alegrias, risos, confusões... Quanto espaço perdesse com a chegada do nosso filho. E o quanto tu ganhou com a chegada dele. Carinho, compreensão, companheirismo... Sentimentos puros entre uma criança e um animal. Agora tu és a protetora, o lobo na hora de brincar de esconder, e aquela ele abraça todo dia!! És o orgulho dele quando te mostra para os amigos. Para nós, um ser, considerado por muitos, irracional, mas que sabe nos mostrar todos os seus sentimentos apenas no olhar. Parabéns Luna!! Que venham outros 5 anos!!!

8 de mai de 2014

FINALMENTE DE VOLTA

Depois de alguns problemas técnicos, pois não conseguíamos mais acessar o blog, finalmente voltamos!!!

Gostaríamos de agradecer por todos os emails recebidos, solicitando nossa volta, pedindo "ajuda", nos dando conselhos, ou seja, por todos aqueles que nos escreveram!!!! Ficamos muito feliz com isso, e nos motivam para continuarmos escrevendo sobre a Luna.

Agora estamos no aguardo das respostas, para ver se as nossas dicas deram certo!!!!

Muita coisa mudou nesses meses, inclusive o crescimento de nosso filho e a aproximação, entre eles, parece que não parar mais. Essa amizade vai longe!!! Esperamos mostrá-la aqui no blog!!!!

Um abraço para todos 

9 de jan de 2014

NOSSO FILHO E NOSSA GOLDEN RETRIEVER

Quando estávamos "grávidos", ficamos um pouco apreensivo de como seria a relação da Luna com nosso filho. Primeiro, a preocupação com alergias. Isto porque é de conhecimentos de todos que os pelos dos goldens caem todos os dias o dia todo. A segunda preocupação nossa era com o ciúmes que podia gerar pois estaria chegando em casa um novo membro na matilha (apesar de conhecer o temperamento da Luna)!!!

Todas as nossas preocupações, felizmente, passaram em branco.  Em nenhum momento nos preocupamos com possíveis alergias. Claro que tivemos um cuidado maior, proibimos a Luna de que ela entrasse no quarto do nosso filho. Evitamos contatos por muito tempo dos dois juntos. Não à deixávamos sozinha com ele. Até criarmos uma confiança maior.

Quanto a agressividade, não teve um simples fato, pequeno que fosse, que mostrasse que  a Luna estava enciumada com nosso filho. Também tomamos algumas precauções como trazer a roupinha que ele usou no berçário para que a Luna cheirasse; colocávamos biscoitos próximos ao carrinho do bebê para ela relacionar o cheiro dele com coisas boas e outras coisas mais...

E o tempo foi passando e a aproximação dos dois ficou cada vez maior. Quando um está na sala, o outro também está. Se um sai para outro cômodo,  o outro vai atrás. Bolas coloridas se espalham por toda casa (umas do nosso filho, outras da Luna) onde um busca para o outro e vice versa.

A alegria de vê-los juntos nos faz muito bem. Nosso filho fica todo exibido quando outras pessoas vêm fazer carinho na Luna na rua. Quer mostrar para todos que aquela cachorra é sua amiga. Para os amiguinhos faz questão de passar a mão na Luna para mostrar a eles que ela é calma e "não morde"... 

O cuidado dela com ele é tão grande que quando ele "tenta fugir" de casa, a Luna não deixa e o puxa para dentro de casa!!!!



24 de jul de 2013

UM BEBÊ E UMA GOLDEN RETRIEVER EM UM APARTAMENTO?

Quando saímos para passear e as pessoas nos param na rua para perguntar sobre a Luna, quando as respondemos, a primeira exclamacão que dizem é: "um bebê e um cachorro desse tamanho em um apartamento?". Alguns nos julgam como loucos, outros cutucam a esposa ou marido e dizem " viu, não te falei que era possível?". E daí para frente nos sabatinam com diversas perguntas...

Mas o que eles mais querem saber é sobre a relação da Luna com o nosso filho. Hoje ele está com 1 ano e começando a caminhar. Claro que nosso cuidado é maior, pois a Luna é enorme perto dele e pode, inocentemente, machucá-lo. Separamos alguns comodos da casa para ser exclusivo do nosso filho para que ele possa engatinhar e ensaiar suas aventuras dos primeiros passos.

Os dois se dão muito bem. Desde o nascimento do nosso filho, a Luna respeitou os seus espaços. Nosso objetivo foi trabalhar com umpossível ataque de diúmes dela, mas isso graças a Deus nunca aconteceu. Claro que ela fica chateada em várias ocasiões que é colocada de escanteio. Claro que tem horas que ela nos olha como se fossemos os piores donos do mundo. Mas em nenhum momento ela foi agressiva conosco e muito menos com nosso filho.

Não podemos negar que nossa vida mudou muito com o nascimento do nosso filho, que estamos mais esgotados fisicamente. Os exercícios da Luna diminuíram um pouco, pois fica um pouco mais complicado conciliar os horários. Ainda mais agora no nosso inverso que faz 4, 5 graus. Mais não desanimamos não!!!

Agora os dois estão interagindo mais. Aliás, achamos que já já serão inseparáveis, pois a primeira coisa que ele faz quando acorda é chamar a Luna e ela, chega balançando o quadril e seu rabo numa felicidade sem igual.

Sim pessoal, é possível ter um bebê sem se desfazer de sua companheira. É mais um da "matilha" que chega para nos alegrar!! Até mais!!

10 de jun de 2013

QUINTO PROBLEMA: FALTA DE EXERCÍCIO

Quer ver um golden feliz? Faça exercício com eles!!!!! Qualquer tipo, seja atividade física ou mental, os deixam realizados. Correr para trazer algo (bolinha, raiz de árvore, galhos, frutas, bicho de pelúcia, pedras - a Luna é vidrada em pedra de rio - ou qualquer outro objeto que caiba naquela boca que parece não acabar), ou simplesmente correr os deixam em estado de êxtase. 

Mas o problema não está em fazer exercícios. O problema é quando os donos NÃO oferecem nenhuma oportunidade para os seus goldens, ou qualquer outro cachorro, se exercitarem.

Nós que moramos em apartamento, temos alguns problemas. Espaço reduzido (por maior que seja o apartamento), horário apertado devido ao trabalho, e a dependência do tempo, pois quando chove fica mais complicado.

Mas quem quer morar em um apartamento e ter um cachorro da raça golden retriever tem, como diz o Faustão, "se virar nos trinta". São inúmeras as vantagens de se fazer exercício com o seu golden entre elas a aproximação, respeito e confiança entre o animal e seu dono.

Um cachorro exercitado fica longe do stress, fica mais calmo, mais carinhoso, não destrói móveis ou outros objetos da casa, diminui a incidência de alergias ou dermatites entre outras. Além da mente sã, o exercício faz o seu cachorro se alimentar melhor, dormir melhor, consequentemente as fezes e urina saem com menos odor (depende também do tipo de alimentação de seu cachorro), fortalece músculos, a pelagem melhora e cai menos pelo (isso porque muitos deles ficam pelas ruas!!!).

Brincamos muito com a Luna com o frisbee, caminhadas, buscas de bolinhas e pedras!! ahhh como ela adora pedra grande!!! Outro dia saímos para passear perto de um rio e deixamos o carro aberto. Na volta para casa, na primeira curva ouvimos barulhos estranhos no carro... debaixo do banco deveria haver uma 10 pedras grandes de rio!!! mas isso é outro assunto!!!

Iríamos iniciar a Luna no agility, mas como nosso herdeiro nasceu, tivemos que adiar um pouco essa nossa modalidade. Mas que ainda iremos fazer isso vamos.

Outra coisa que eles adoram é a água... mar, rio, lagos, riachos, açudes, poças de água!! Nadar é ótimo para eles. Algumas vezes pudemos ver a Luna na água (infelizmente não foram muitas) e ela fica numa alegria só.

Enfim... existe milhões de formas de exercitar seu golden. A única coisa que não pode acontecer é deixá-los trancados em um apartamento sem nenhuma atividade física. Seria muita sacanagem com eles e muita sacanagem com os seus móveis!!!

Abraços e até mais!!

 
 

17 de mai de 2013

QUARTO PROBLEMA: PEGAR COMIDA DA MESA/PIA

Olá, que correria!!! Nosso filho passou umas semanas gripado e isso tirou bastante tempo nosso. Mas enfim, aqui estamos novamente para contar o que fizemos para que a Luna não subisse na mesa ou na pia da cozinha para pegar comida.

Primeiramente temos que ressaltar que nunca percebemos na Luna essas intenções de subir na mesa ou pia para furtar alimentos. Desde pequena nós a ensinamos que ela tinha que esperar sentada pela comida senão.... nada de ração. 

Hoje em dia ela nos aguarda sentada em frente ao pote de ração para receber a comida. Só demos ração à ela? Obviamente algumas vezes deixamos escapar uma ou outras coisas como frutas (maça, laranja e pera são as preferidas), osso de costela de boi ou até mesmo pernil de ovelha. As vezes misturamos à ração um caldinho de carne.

Mas voltando ao problema. É comum que os cães subam na pia ou na mesa por curiosidade ou por sentir aquele cheirinho gostoso de comida caseira. Quando da sua "adolescência" a Luna ameaçou subir algumas vezes na mesa para observar o que fazíamos todos os dias lá.

Foi então que tomamos uma decisão simples que resolveu o problema em questão de minutos. Colocamos fita crepe com a cola para cima em pedaços por toda a mesa e pia e deixávamos um pouco de comida em cima da mesa e depois saímos da cozinha.

Em alguns minutos, ou melhor, segundos, lá veio Luna com o rabo entre as pernas e suas patas cheio de pedaços de fita crepe colados pedindo "ajuda" para que os retirássemos dos seus pelos.

Isso se repetiu por mais uma vez e só. Três anos se passaram e a Luna nunca mais arriscou colocar as patinhas em cima da pia ou da mesa.

A fita crepe serve também para evitar subir na cama, sofá, etc!!!!

Um abraço a todos e até mais!!!